A Exposição Universal de 1889

O livro O Marquês que me Amava se passa em Paris no ano de 1889, exatamente o ano em que ocorreu um dos maiores eventos culturais da Europa: A Exposição Universal.


O evento aconteceu entre os dias 06 de maio e 31 de outubro e foi o cenário para a inauguração da Torre Eiffel, que foi construída especialmente para a ocasião.


Paris reuniu, durante o evento, a elite intelectual e artística da Europa e contou com a apresentação de vários artigos científicos da época - que foram classificados como racistas e/ou xenofóbicos por tratarem quase todos da supremacia branca europeia sobre as demais culturas e demais povos (justificando, assim, o necolonialismo e a expansão europeia por meio da colonização de outros países).


Apesar dessa crítica, que ilustra bem o eurocentrismo estabelecido depois do início da expansão marítima, a exposição deixou um belo legado cultural para Paris, incluindo a Torre Eiffel que é hoje um dos mais conhecidos monumentos do planeta.


Trinta e cinco países participaram da exposição, incluindo o Brasil.


Deixo para vocês algumas fotos reais do evento, cortesia da National Gallery of Art (Estados Unidos)



13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tatiana Mareto @ 2020 - Todos os direitos reservados.

As obras deste site estão protegidas pela Lei 9.610/98 (Lei de Direitos Autorais), independentemente de registro.

Créditos de imagens: Unsplash | FreePik

  • Amazon ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Pinterest
  • Twitter

NO INSTAGRAM