Especial homens literários - Henry Austin

ATENÇÃO, O TEXTO ABAIXO PODE CONTER SPOILERS LEVES SOBRE A TRILOGIA O SEGREDO DE ESPLENDORA.


Eu poderia falar o dia inteiro de Henry – e não me cansaria. Mas vamos ser objetivas!


Henry é uma das personagens centrais de O Segredo de Esplendora. Ele é um vampiro, ser das trevas, discreto e que vive próximo a Graceland. O livro começa com ele, com sua participação na transformação de um rapaz – que estaria para morrer – em vampiro. Conhecer Henry e tudo que há sobre ele é fundamental para uma boa compreensão da história, em geral.


Ele é um vampiro – isso não é segredo. Foi transformado aos 22 anos, depois de ter passado por uma terrível tragédia familiar. Henry nasceu em 1427, em Shoreham, Inglaterra. Seu pai era um fazendeiro, e ele aprendeu a cuidar das terras depois do seu falecimento. Henry era casado e tinha dois filhos, mas sua família foi dizimada – um conhecido assassinou sua esposa e filhos por causa da inveja.


Atormentado, Henry teve a sua vingança e perdeu seu rumo. Desesperado e precisando de uma solução milagrosa para parar a dor, Henry entrega-se a uma criatura e pede para morrer. Ao invés disso, acaba se tornando um vampiro, vagando pela Terra por 582 anos.


Ele é gentil, bem humorado e geralmente muito paciente. Henry já viveu muito mais do que ele admite ser aceitável, e o tempo para ele é quase irrelevante. Ético, ele não acha correto matar para alimentar-se, e prefere não misturar-se com outros vampiros ou seres das trevas. Seus únicos amigos são os vampiros que vivem com ele – Stuart e Wesley Mason, que é a sua criatura.


Henry vive em uma antiga hospedaria, cheia de quartos nunca usados. Ele não trabalha mais; ao longo dos séculos juntou uma considerável poupança e vive de investimentos. Mesmo assim, Henry tem gostos modestos e pouco sai de casa. Ele gosta de vestir-se com roupas que lembram a época em que era humano, e que o fazem parecer bem mais velho do que a sua aparência física indica.


Seus dois amigos adoram a Mercedes SRL que Henry tem como se fosse um filho. O carro vermelho é o objeto da afeição de Stuart e Wesley, a razão pela qual eles costumam agir como uma família – muita implicância e algumas escapadas pela noite.


Sua vida muda completamente quando ele conhece Heather e se apaixona por ela, de uma forma súbita que ele não acreditava ser possível – e passa a descobrir coisas sobre seu próprio passado que ele ignorava.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tatiana Mareto @ 2020 - Todos os direitos reservados.

As obras deste site estão protegidas pela Lei 9.610/98 (Lei de Direitos Autorais), independentemente de registro.

Créditos de imagens: Unsplash | FreePik

  • Amazon ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Pinterest
  • Twitter

NO INSTAGRAM